Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Passageiros usam lenços para apagar suásticas no metro de Nova Iorque

Mundo

O advogado americano Gregory Locke fotografou os símbolos nazis e a ação de limpeza

Uma publicação, ontem à noite, na conta de Facebook de Gregory Locke, um advogado em Nova Iorque, acumulou mais de 200 mil partilhas em menos de 15 horas: mostra imagens dos passageiros do metro a limparem suásticas desenhadas numa das carruagens.

Segundo o relato de Locke, havia suásticas "em todos os painéis de publicidade e janelas" e as pessoas estavam em silêncio quando um homem se levantou e disse que precisava de álcool para apagar a tinta dos marcadores. "Nunca vi tanta gente ao mesmo tempo a procurar lenços e higienizador de mãos nos bolsos e malas", escreve o advogado, acrescentando que ao fim de dois minutos tinham desaparecido todas as referências nazis.

A finalizar, Gregory Locke conta que um passageiro desabafou que aquela era "a América de Trump" e revela a sua resposta: "Não senhor, não é. Nem este noite nem nunca. Não enquanto os teimosos novaiorquinos tenham alguma coisa a dizer sobre isso."