Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Já existe uma App que permite escolher o dador de esperma

Mundo

  • 333

PHILIPPE HUGUEN / GettyImages

A novidade tem a forma que agora tomam todas as novidades: uma App. Permite aos futuros pais e mães a escolha do seu dador consoante caracteristicas físicas e não só.

Foi criada pelo Banco de Esperma de Londres - o maior de Inglaterra e um dos maiores do mundo, com 25000 frascos de esperma disponíveis a qualquer momento para ajudar muitos casais ou pessoas singulares a concretizar o sonho de serem pais e mães.

Algumas das características dos dadores que se podem vir a escolher de forma muito fácil: Raça, Origem étnica, Altura, Cor do cabelo, Tom de pele, Cor dos olhos, Religião, Profissão e Informação adicional, como, por exemplo, a formação académica.

Esta ideia não escapou a algumas criticas, nomeadamente porque escolher bebés não é o mesmo que escolher um boneco ou um par de calças à medida.

No entanto, a aplicação, que é a primeira alguma vez criada na sua categoria, faz o mesmo que já se fazia, em papel nas clínicas mas de uma forma mais prática e rápida. A ideia da aplicação descarrergável é simplificar a busca por um dador que vá ao encontro daquilo que cada família procura e que se identifique o mais possível com ela.

Factos que talvez desconheça

- No Reino Unido a maioria das pessoas que procuram dadores de esperma são casais heterossexuais

- Existe um Banco Internacional de Esperma, o Cryos, com sede na Dinamarca, que atende a pedidos de todo o mundo, incluindo Portugal.

- O número de dadores continua a ser pouco para a procura: por ter uma regulação apertada nomeadamente não permitir, em alguns países, o anonimato dos dadores, exigir testes médicos bastante intensos, etc.

- Desde Maio deste ano passou a ser possível a mulheres portuguesas solteiras ou a casais de lésbicas a Procriação medicamente Assistida com recurso a óvulos e espermatozóides doados

- 2 anos: tempo médio de espera para quem recorre a dadores do Banco Público.

- Ao longo da vida, cada dador não pode dar origem a mais que 8 gravidezes de termo.

Portugal sem Apps

Em Portugal, ainda não existem este tipo de Apps. Além dos centros de fertilidade privados espalhados pelos continente e ilhas, existe um Banco Público de Gâmetas, na Maternidade Júlio Dinis do Centro Hospitalar do Porto. Aceita a doação de esperma e óvulos e, embora os recursos sejam ainda considerados insuficientes (nomeadamente por falta de dadores), o objetivo conseguir chegar a todo o país.

Pressupõe-se que doar sémen ou ovócitos deve ser altruísta mas a lei prevê uma compensação económica que cubra os custos (despesas associadas ou prejuízos resultantes da doação).