Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bulgária troca candidata e dificulta vida a Guterres

Mundo

  • 333

Kristalina Georgieva, candidata apoiada pela chanceler alemã, Angela Merkel, é considerada a mais difícil adversária do ex-primeiro-ministro português António Guterres na corrida à liderança das Nações Unidas

A Bulgária mudou a sua candidata ao cargo de secretário-geral da ONU, substituindo Irina Bokova por Kristalina Georgieva, anunciou o primeiro-ministro do país, Boiko Borissov, esta manhã, em Sofia.

Kristalina Georgieva, candidata apoiada pela chanceler alemã, Angela Merkel, é considerada a mais difícil adversária do ex-primeiro-ministro português António Guterres na corrida à liderança das Nações Unidas.

“Nós acreditamos que é uma candidatura de sucesso”, disse o chefe do governo de centro-direita aos jornalistas na capital búlgara referindo-se a Kristalina Georgieva. O nome de Irina Bokova tinha sido proposto pelos socialistas da Bulgária.

Ainda no inicio desta semana, António Guterres tinha ganho a quinta votação dos 15 membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Nesse mesmo dia a posição de Irina Bokova descera para o sexto lugar. Este facto, juntando à pressão de Angela Merkel para que a candidata búlgara fosse Kristalina Georgieva, levou o governo de Sofia a fazer a troca.

O ministro dos negócios estrangeiros, António Santos e Silva já reagiu em defesa do candidato português, dizendo que está tranquilo e confiante e reforçando a qualidade de António Guterres.