Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guterres volta a ganhar uma votação na corrida à ONU

Mundo

  • 333

KENA BETANCUR

O ex-primeiro-ministro português ficou à frente na quinta votação entre os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas para eleger o próximo secretário-geral

O ex-primeiro-ministro português António Guterres ficou à frente na quinta votação secreta ocorrida esta segunda-feira entre os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas para eleger o próximo secretário-geral da organização, disseram fontes diplomáticas à Lusa.

Guterres teve votos 12 votos "encoraja", dois "desencoraja" e "sem opinião", precisamente o mesmo resultado da última votação.

Durante o voto, cada um dos 15 membros do conselho indicou se "encoraja", "desencoraja" ou "não tem opinião" sobre os 11 candidatos.

A próxima votação, que está agendada para a primeira semana de outubro, vai destacar pela primeira vez os votos dos membros permanentes do conselho, que têm poder de veto sobre os candidatos.

António Guterres venceu as quatro primeiras votações para o cargo, que aconteceram a 21 de julho, 05 de agosto, 29 de agosto e 9 de setembro.

Assim que um candidato reunir nove votos entre os 15 países membros e aprovação de todos os membros permanentes - China, França, Reino Unido, Rússia e Estados Unidos - o conselho recomendará o seu nome para aprovação pela Assembleia-Geral da ONU, que reúne representantes de 193 países.

A organização espera ter encontrado o sucessor de Ban Ki-moon, que termina o seu segundo mandato no final do ano, durante o outono.