Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vá de férias com a guerra ao lado. Assad vende Síria como um paraíso turístico, "sempre bonito"

Mundo

  • 333

A cidade síria de Tartus foi alvo de um ataque suicida no passado 23 de maio

Em tempo de guerra, o governo de Bashar al-Assad tenta promover o país como um destino de praia a visitar, apesar dos bombardeamentos e da ameaça do Estado Islâmico. Veja o vídeo

Águas cristalinas, um sol radiante, areais dourados e turistas a relaxar. São estas as imagens que podemos ver na mais recente campanha do Ministério do Turismo da Síria, a passar uma imagem que oculta a devastação que o país tem vivido nos últimos tempos devido a cinco anos de guerra civil.

Tartus foi a cidade escolhida para ser filmada para a campanha. Localizada na costa da Síria, que tem estado sempre sob controlo do governo de Bashar al-Assad, é um local praticamente inatingido pela guerra que assola o país. A exceção aconteceu no passado 23 de maio, quando três atentados suicidas, reivindicados pelo Daesh, atingiram a cidade e custaram a vida a 48 pessoas. Um atentado semelhante ocorreu em Jableh, 67 quilómetros a norte de Tartus, matando mais de 100 pessoas.

O vídeo da campanha, que tem como slogan "Syria, Always Beautiful" ("Síria, Sempre Bonita") e uma música a condizer, foi partilhado no Facebook oficial do Ministério do Turismo da Síria, que tenta assim manter a afluência de turistas ao país. Na mesma página, garante-se que o número de turistas na Síria registou este ano um crescimento de 30% em relação a 2015.

VEJA O VÍDEO DA CAMPANHA: