Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A fotografia que está a dividir o Brasil

Mundo

Reprodução Facebook

Captada no domingo, quando mais de um milhão de brasileiros protesteram nas ruas contra o governo de Dilma Rousseff, a imagem viral mostra um casal com as filhas pequenas num carrinho, empurrado por uma "babá" com a farda branca que tanta polémica tem gerado no país

De t-shirt com as cores do Brasil, Claudio Pracownik, diretor financeiro do clube de futebol do Flamengo, e a mulher foram fotografados a caminho da manifestação, em Ipanema. Uns passos atrás, a empregada, negra e vestida de branco, como é comum ver-se nos locais frequentados pelos mais abastados em cidades como Rio de Janeiro ou São Paulo, a empurrar o carrinho com as duas filhas do casal.

Partilhada no Facebook, a imagem tornou-se rapidamente viral e divide, até agora, as opiniões, entre os que vêem nela retrato da desigualdade social no Brasil e um exemplo da "escravatura" moderna e os que não vêem mais do que um casal acompanhado por uma mulher com um trabalho digno e remunerado, quando tantos brasileiros estão desempregados.

Este é, aliás, o argumento do próprio protagoniosta da foto, que reagiu à sua publicação ainda no domingo. "A babá da foto só trabalha aos finais de semana e recebe a mais por isso. Na manifestação, ela está a usar a sua roupa de trabalho e a ganhar o com dignidade o seu dinheiro", sublinha Pracownik.

"Não a trato como vítima, nem como se fosse da minha família. Trato-a com respeito e ofereço a dignidade a que qualquer trabalhador faz jus", acrescenta.