Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Esta App conta as calorias dos pratos e promete ajudar a perder peso

Futuro

  • 333

AFP /Getty Umaes

É este o caminho a seguir: a inteligência artificial ao serviço da nossa saúde

Chama-se "Snap It" e é a mais recente aplicação lançada pela Lose It!, uma plataforma digital centrada em temas de saúde e perda de peso.

É uma proposta simples para poder estar sempre atualizada daquilo que come. Ao fotografar, a aplicação responde instantaneamente com o número de calorias do seu prato. A ideia é nunca perder o rasto ao que ingere, de forma a poder fazer uma dieta mais consciente e ter um conhecimento mais profundo dos impactos das suas escolhas.

Em Portugal, desde o final de 2014, todos os rótulos alimentares devem contemplar a informação nutricional e a lista de ingredientes completa. Foi uma decisão europeia bastante aplaudida pela Ordem dos Nutricionistas Portuguesa.

Esta novidade segue um caminho que a ciência já provou ser o ideal para perder peso: manter um diário alimentar com o valor calórico daquilo que comemos.

Para já, a aplicação está ainda na fase Beta, o que significa que não está finalizada. Inicialmente, vai ser lançada para um grupo restrito e só depois, quando estiver concluída, ficará disponível para o público em geral.

Isto acontece porque a Snap It ainda encontra algumas dificuldades em identificar aquilo que aparece nas fotografias. Depois de fotografado o prato, é necessário escolhê-lo entre as opções oferecidas pelo software (que quase sempre acerta) e dar algumas informações sobre os conteúdos, sendo que por norma o prato é recheado com vários alimentos diferentes. É capaz de identificar um rolo de sushi, por exemplo, mas precisa que especifiquemos o tipo de arroz, o tipo de peixe, as sementes, as algas, etc..

A Snap it foi desenhada com dados da norte-americana FDA (Food and Drug Administration), da indústria alimentar e de restaurantes, entre outros. Apesar disso, para já, é difícil confiar na credibilidade da resposta, por muito boa que ela seja, quando falamos de fotografias, uma vez que os temperos de cada prato pesam muito na quantidade de calorias a eles associadas.

Charles Teague, CEO da Lose It, comparou a aplicação aos carros automáticos, que facilitam muito a vida aos condutores, mas continuam a exigir que usemos o volante.

Neste momento, a app é sofisticada ao ponto de identificar uma maçã, mas não para a categorizar, identificar o seu tamanho ou a sua variedade e, portanto, a sua carga calórica real.

Mas estas limitações existem apenas por agora porque a ideia é a aplicação auto-alimentar-se das fotografias dos utilizadores. Ou seja, ser associada a uma espécie de rede neurológica - um sistema de inteligência artificial que identifica categorias de fotos e que, ao crescer com os dados, se desenvolva até ser totalmente capaz de responder a qualquer fotografia.

A Snap It pretende sugerir dietas adequadas a cada utilizador, reencaminhando-os para nutricionistas, e dar uma ideia geral e standard do peso dos alimentos que estamos a comer. Em suma, funciona como um guia calórico de pratos simples como batatas fritas, uma taça de sopa ou de fruta. E segue a tendência das redes sociais, 'amigas' da dieta e onde é cada vez mais "In" postar fotografias de pratos saudáveis e de treinos.