Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Vítor Baía responde a Scolari e acusa-o de "maldade"

Futebol

  • 333

Vítor Baía diz que Scolari agiu por "má-fé" e "maldade" ao afastá-lo da seleção

O antigo guarda-redes internacional Vítor Baía considera que o afastamento da seleção portuguesa de futebol se deveu a "má-fé" e "maldade" do selecionador nacional da altura, o brasileiro Luiz Felipe Scolari.

Vítor Baía assinalou que mantém um "extraordinário relacionamento"com Pinto da Costa e José Mourinho, em reação à entrevista recente de Scolari à RTP, na qual o técnico brasileiro atribuiu o afastamento do ex-guarda-redes da seleção a um pedido do presidente do FC Porto e do então treinador dos "azuis e brancos".

"Acima de tudo noto má-fé e maldade. É a única explicação que encontro para a minha ausência da seleção naquela altura", observou Vítor Baía, à margem da doação de equipamento médico ao Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, por parte da sua fundação, no Dia da Criança.