Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Paulo Bento quer fazer história

Futebol

  • 333

O selecionador quer garantir para Portugal a segunda presença numa final. Hugo Almeida, que vai ser titular, quer repetir exibição do Mundial2010, mas com um desfecho diferente. VEJA O VÍDEO

VÍDEO DA ENTREVISTA DE PAULO BENTO À SIC

O selecionador português de futebol, Paulo Bento, disse hoje encarar a meia-final do Euro2012, frente à Espanha, como uma oportunidade de melhorar o registo luso, com a conquista da segunda final da história.

"Estivemos em quatro meias-finais na história e agora estamos com as possibilidades bonitas de jogarmos a segunda final da nossa história. Não me parece que exista mais motivação do que isso. Os jogadores foram quem mais trabalharam para viver este momento, não me parece que precisem de uma palavra extra, e que o façam prolongar, ganhando este jogo para estar em Kiev", afirmou Paulo Bento, em conferência de imprensa.

Desvalorizando a sua inexperiência nesta fase de grandes competições, o técnico luso disse ambicionar conseguir como técnico o que não conseguiu no Euro2000.

"Temos de ser organizados, pacientes e saber sofre"

A seleção portuguesa de futebol terá de ser organizada, paciente e saber sofrer durante o jogo com a Espanha, na quarta-feira, das meias-finais do Euro2012, diz o selecionador luso, Paulo Bento.

"O jogo vai ter seguramente momentos em que iremos conseguir dominar, não tenho dúvidas em relação a isso. Nós queremos ter a bola, mas sabemos que, do outro lado, está um grupo que tem superado praticamente todas as equipas, logo, nós devemos ter a ambição de a ter, a coragem de os atacar. Sabemos o que queremos e com quem o queremos fazer, o nosso objetivo não é passar o tempo a defender, queremos dividir o jogo com a seleção que é campeã da Europa e do Mundo", referiu.

Em conferência de imprensa, no estádio Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia), Paulo Bento disse estar certo de que Portugal vai "criar muitos problemas e muitas dificuldades" à seleção espanhola e, admitindo que é o "jogo mais fácil em termos motivacionais", advertiu para a necessidade de existir equilíbrio emocional, "porque o jogo vai durar 90 ou 120 minutos": "Sendo que o nosso objetivo é resolvê-lo a nosso favor nos 90 minutos".

Confiança na arbitragem

O selecionador português de futebol, Paulo Bento, disse hoje confiar na seriedade do Comité de Arbitragem da UEFA quanto à nomeação do árbitro turco Cuneyt Çakir para o jogo frente à Espanha, das meias-finais do Euro2012.

"Quando se faz uma nomeação para um jogo tão importante como este, quando está em causa o acesso à final, penso que o mínimo que se pede ao Comité de Arbitragem da UEFA é que designe aqueles que estão nas melhores condições para arbitrar um jogo desta natureza", afirmou Paulo Bento, em conferência de imprensa.

O selecionador português preferiu destacar o "valor" da equipa das "quinas", reiterando confiança na "seriedade de quem nomeia".

Hugo Almeida espera fazer golos

O avançado Hugo Almeida, que quarta-feira se vai estrear no "onze" titular da seleção portuguesa nas meias-finais do Euro2012 de futebol, revelou hoje que quer mostrar dentro de campo o seu valor, de preferência com uma grande exibição.

"Claro que estou satisfeito. É para isso que tenho vindo a trabalhar. Agora há que demonstrar dentro de campo o valor e dar tudo o que tenho", disse o escolhido por Paulo Bento para substituir o lesionado Hélder Postiga nos titulares lusos no jogo contra a Espanha.

Hugo Almeida, que pretende fazer "uma grande exibição", semelhante à do jogo Portugal-Espanha do Mundial2010, mas com um desfecho diferente, indicou que para ganhar à campeã europeia e mundial tem de fazer golos.