Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Resgate a Espanha não acalma mercados

Economia

  • 333

O entusiasmo com que o mercado recebeu as notícias da ajuda europeia à banca espanhola está agora a esfriar perante as dúvidas da origem dos fundos

O prémio de risco da dívida soberana espanhola superou hoje, às 12.55 horas os 500 pontos base, cerca de 48 pontos acima da abertura, depois do Eurogrupo ter posto à disposição de Espanha uma linha de crédito até 100 mil milhões para recapitalizar a banca.

A rentabilidade das obrigações espanholas a dez anos, cujo diferencial com as obrigações alemãs permite medir o risco do país, subia para 6,379 por cento, depois de ter caído no início da sessão em cerca de 6 por cento.

O entusiasmo com que o mercado recebeu as notícias da ajuda europeia à banca espanhola está agora a esfriar perante as dúvidas da origem dos fundos e, tal como explica à Efe o responsável da dívida espanhola, Javier Ferrer, recordando que ainda se desconhece a quantidade exata que as instituições financeiras espanholas vão pedir para se recapitalizarem.