Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Relvas garante que número de funcionários públicos a dispensar é "muito mais reduzido" do que 50 mil

Economia

  • 333

O ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, afirmou hoje que o Governo pretende dispensar funcionários públicos contratados a termo num número "muito mais reduzido" do que os 50 mil que têm sido referidos.

 

Em declarações aos jornalistas, na Assembleia da República, depois de se ter reunido com cada um dos grupos parlamentares para lhes apresentar as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2013, Miguel Relvas escusou-se a adiantar, para já, quantos funcionários o Governo pretende dispensar.

O ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares assinalou que o Governo vai iniciar negociações sobre esta matéria com os sindicatos na quarta-feira e remeteu a divulgação do número de funcionários a dispensar para segunda-feira, dia da entrega da proposta de Orçamento do Estado para 2013 na Assembleia da República.