Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Queda nas exportações no final do ano empurra economia para segunda maior recessão

Economia

  • 333

No último trimestre do ano, as exportações acabaram por inverter a tendência positiva e apresentaram uma queda em volume de 0,5% em termos homólogos

A queda nas exportações no final do ano e a redução menos intensa das importações nos últimos três meses do ano passado agravaram a recessão na economia portuguesa em 2012 para o pior registo desde 1975.

A queda de 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, hoje reafirmada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), é explicada com uma desaceleração das exportações de bens e serviços que chegaram mesmo a apresentar uma queda no último trimestre do ano, e ainda de um contributo mais negativo da procura interna (caiu mais um ponto percentual que em 2011).

No último trimestre do ano, as exportações acabaram por inverter a tendência positiva e apresentaram uma queda em volume de 0,5% em termos homólogos. A procura interna que em termos anuais foi mais negativa que em 2011 fez o sentido inverso e foi menos negativa nesta parte final do ano, mas não chegou para a anular o efeito da queda nas exportações e da diminuição menos intensa das importações.