Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Orçamento para 2014 aprovado pela maioria em votação final global

Economia

  • 333

O Orçamento do Estado para 2014 foi hoje aprovado em votação final global pela maioria PSD/CDS-PP, com os votos contra de todas as bancadas da oposição e do deputado democrata-cristão eleito pela Madeira Rui Barreto

Na votação estiveram presentes 225 dos 230 deputados, 108 do PSD, 70 do PS, 24 do CDS-PP, 14 do PCP, 7 do BE e 2 do partido ecologista Os Verdes.

A proposta de Orçamento do Estado para 2014 do Governo mereceu, assim, 132 votos favoráveis dos deputados da maioria parlamentar.

O único parlamentar das bancadas da maioria que votou contra o documento foi o deputado do CDS-PP Rui Barreto, à semelhança do que já tinha feito na votação na generalidade. No ano passado, Rui Barreto também votou contra o Orçamento do Estado para 2013.

No final da votação, o deputado do PSD Guilherme Oliveira anunciou que os quatro parlamentares sociais-democratas eleitos pelo círculo da Madeira irão apresentar uma declaração de voto (Guilherme Silva, Hugo Velosa, Correia de Jesus e Vânia Jesus).

O deputado do PSD Pedro Roque anunciou igualmente que ele e mais sete parlamentares sociais-democratas e democratas cristãos (Artur Rego, Maria das Mercês Borges, Arménio Santos, Bruno Vitorino, Laura Esperança, Maria Ester Vergas e Maria Isilda Aguincha) irão apresentar uma declaração de voto.

Tal como já tinha acontecido na votação da generalidade do Orçamento do Estado para 2014, e ao contrário de anos anteriores, nenhum dos deputados da maioria aplaudiu a aprovação do documento.

Antes, foram aprovadas as Grandes Opções do Plano, que mereceram o voto favorável de todos os deputados da maioria parlamentar PSD/CDS-PP e o voto contra de toda a oposição.