Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais 50 mil postos de trabalho

ESPECIAL Orçamento do Estado 2017

  • 333

Economia cresce abaixo do esperado e défice orçamental cai para 1,6% do PIB. VEJA OS QUADROS

O governo prevê que a economia cresça 1,5% em 2017, menos 0,3 pontos percentuais do que previa no Programa de Estabilidade, publicado em abril deste ano. A procura interna será a grande responsável por este crescimento. As importações irão subir 3,6% enquanto as vendas ao exterior poderão aumentar 4,2 por cento. O executivo de António Costa prevê ainda que a taxa de desemprego baixe de 12,4% em 2016 para 10,3% no próximo ano, o que irá implicar a criação de quase 50 mil novos postos de trabalho.

O défice orçamental e a dívida pública manterão a trajetória descendente. O défice irá situar-se nos 2,4% em 2016 e em 1,6% no próximo ano, enquanto a dívida pública baixará, entre 2016 e 2017, de 129,7% para 128,3% do PIB