Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fumar faz mal à carteira

ESPECIAL Orçamento do Estado 2017

  • 333

O imposto sobre o tabaco tem sido uma mina para o Estado. Nos primeiros oito meses deste ano, a receita já se aproximava dos 900 milhões de euros, tendo aumentado mais de 30% em relação ao período homólogo. Depois de ter sofrido aumentos a meio deste ano, o preço do tabaco vai voltar a crescer em janeiro

O imposto sobre o tabaco tem duas componentes: a específica (um valor, em euros, por cada mil cigarros) e a ad valorem (uma taxa sobre o valor do tabaco). Para 2017, o Governo optou por aumentar a componente específica e diminuir a ad valorem

Cigarros

Como é: Componente específica do imposto (por cada mil cigarros): €90,85; Componente ad valorem do imposto (sobre o valor): 17%

Como vai ser: Específica: €93,50; Ad valorem: 16%

Charutos e cigarrilhas

Como é: Ad valorem: 25%

Como vai ser: Ad valorem: 25%

Líquido com nicotina (cigarros eletrónicos)

Como é: Específico: €0,60 por mililitro

Como vai ser: €0,618/ml

Tabaco de fumar, de mascar e rapé

Como é: Específico: €0,078 por grama; Ad valorem: 20%

Como vai ser: €0,080/gr; Ad valorem: 16%