Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Ninguém acredita neste Orçamento, a começar por Paulo Portas"

Economia

  • 333

O secretário-geral do PS, António José Seguro, defendeu hoje que a proposta de Orçamento para 2013 está condenada ao fracasso e que ninguém acredita nela, a começar pelo ministro de Estado e presidente do CDS-PP, Paulo Portas

"É um Orçamento do Estado condenado ao insucesso. Ninguém acredita nele, a começar pelo próprio líder do CDS e ministro dos Negócios Estrangeiros", afirmou o secretário-geral do PS, durante o debate na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2013, na Assembleia da República.

Segundo António José Seguro, o cenário macroeconómico inscrito na proposta do Governo não é credível, nenhum economista da bancada do PSD dá validade à previsão de uma recessão de apenas um por cento no próximo ano e, por isso, o primeiro-ministro está a tentar "fugir como o diabo da cruz" da discussão do Orçamento.