Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Janet Yellen: Quem é a mulher mais poderosa do mundo?

Economia

  • 333

Reuters

Pela primeira vez nos seus 100 anos de história, a Reserva Federal dos EUA (FED) vai ter uma mulher como presidente

Pela primeira vez nos seus 100 anos de história, a Reserva Federal dos EUA (FED) vai ter uma mulher como presidente. Um desafio ímpar para esta economista discreta, preocupada com o desemprego. Seis factos sobre a sua vida:

1. Nasceu há 67 anos, no bairro nova-iorquino de Brooklyn. No final do liceu, quando era diretora do jornal da Fort Hamilton High School e tinha de entrevistar o melhor aluno, como era da praxe, entrevistou-se a si própria.

2. É apontada como a pessoa mais bem preparada para liderar o FED. Licenciada em economia pela Universidade de Brown e doutorada por Yale, os seus talentos académicos permitiram-lhe lecionar em Harvard e Berkeley. 

3. Em Yale, conheceu o professor que mais a marcou, o Nobel James Tobin. Foi com ele que Yellen diz ter aprendido a importância do serviço público: "Trabalhar não significa apenas alcançar um elevado nível intelectual, também consiste em contribuir para melhorar a condição humana."

4. Em 1977, foi nomeada para a divisão de Finanças Internacionais do FED, em cujo refeitório conheceu o amor da sua vida, George Akerlof. Em 2001, o seu marido partilhou o Nobel da Economia com Joseph Stieglitz.

5. Em 1980, o casal foi para Berkeley, na Califórnia, onde nasceu o filho de ambos, Robert (também doutorado em economia). Quando este era bebé, Janet desenvolveu a teoria de que as pessoas mais bem pagas trabalham melhor - pressuposto confirmado com as sucessivas babysitters que contratou.

6. Caso a sua nomeação seja confirmada pelo Senado, iniciará funções a 1 de fevereiro. Nessa altura se verá se ela continuará a usar a sua "bola de cristal" - como fez em 2005, quando era governadora do FED, em São Francisco - para alertar para a bolha imobiliária e defender que o capitalismo tem limites que exigem a intervenção de um regulador capaz de fazer com que o mercado funcione.