Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Início da 8.ª avaliação da 'troika' aguarda da decisão de Cavaco sobre remodelação

Economia

  • 333

A ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque afirmou segunda-feira, em Bruxelas, que o início da oitava avaliação à aplicação do programa de ajustamento português aguarda a decisão do Presidente da República sobre a nova organização do Governo

"A avaliação [ao cumprimento do programa de ajustamento] não está nem confirmada nem adiada", afirmou Maria Luís Albuquerque aos jornalistas, quando questionada sobre a data de início da oitava missão da 'troika' (Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu), prevista para 15 de julho.

A ministra explicou que o início da avaliação aguarda a decisão do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, sobre o acordo para assegurar a continuidade a coligação governamental PSD/CDS.

"Aguardamos a decisão do senhor Presidente da República e só na sequência da decisão é que esse assunto será devidamente discutido", declarou.

A 17 de junho, fontes comunitárias indicaram à agência Lusa que a 'troika' regressaria a Lisboa no dia 15 de julho para a oitava avaliação do programa de ajustamento português, um mês depois da data inicialmente prevista, face aos atrasos registados na sétima avaliação.

O líder do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, anunciou no sábado um entendimento político com o CDS-PP, no âmbito do qual Paulo Portas foi proposto para vice-primeiro-ministro, com a responsabilidade da coordenação económica, reforma do Estado e ligação à 'troika'.