Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo baixa taxa de IRC de 25 para 23 por cento em 2014

Economia

  • 333

O Governo vai fazer esta redução já em 2014, e quer baixar a taxa para entre os 17% e os 19% até 2016. E apela ao apoio do PS

O Governo vai reduzir da taxa de IRC de 25% para 23% já em 2014, e quer reduzir a taxa para entre os 17% e os 19% até 2016, anunciou hoje o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

Paulo Núncio, que apresenta a proposta de reforma do IRC juntamente com o secretário de Estado Adjunto e da Economia, Leonardo Matias, afirmou que o Governo vai propor esta redução já para o próximo ano e que "o objetivo do Governo é reduzir a taxa de IRC ao longo dos anos de modo a fixá-la entre 17% e 19% já em 2016".

Segundo o governante, esta redução pretende colocar Portugal no lote dos países mais competitivos em termos de fiscalidade para as empresas, e colocar em melhor posição para competir com países como a Polónia, com quem concorre diretamente pela atração do investimento direto estrangeiro.

Apelo ao consenso político

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, apelou hoje a um consenso político "o mais alargado possível" com os partidos do arco da governabilidade, nomeadamente com o PS.

"O debate político vai agora iniciar-se no Parlamento. É fundamental que reúna o consenso político o mais alargado possível, nomeadamente com os partidos do arco da governabilidade. O Governo mantém desde sempre uma posição de abertura e diálogo com as outras forças políticas, designadamente com o PS", disse o governante, destacando "a posição responsável e construtiva do PS" neste processo.