Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI confirma recessão de 1,8% em Portugal este ano e crescimento de 0,8% para 2014

Economia

  • 333

O Fundo Monetário Internacional (FMI) confirmou esta terça-feira as projeções de uma recessão de 1,8% para Portugal este ano e de um crescimento de 0,8% em 2014, dadas a conhecer na passada quinta-feira pelo Governo

O fundo (parte da 'troika', a par do Banco Central Europeu e da Comissão Europeia) incorpora no 'World Economic Outlook' hoje publicado (com as previsões para a economia mundial) os traços base do novo cenário macroeconómico que saiu da oitava e nona avaliação do Programa de Assistência Económica e Financeira.

Assim, segundo o FMI, as projeções para a economia portuguesa para este ano passam de uma recessão de 2,3% do PIB para 1,8% e o crescimento económico esperado para o próximo ano passa de 0,6% para 0,8%.

No documento, o FMI alerta ainda que a zona euro ainda corre o risco de entrar em estagnação e que poderá ser necessário dar mais tempo a alguns países para cortarem os défices se o crescimento ficar abaixo do esperado.

Para a zona euro, a instituição melhora em 0,1 pontos percentuais a projeção para a recessão económica na área do euro, esperando agora que a economia caia 0,4% este ano. Igual mantém-se a estimativa de regresso ao crescimento em 2014 para os países que partilham a moeda única europeia, mantendo a perspetiva de que a economia cresça 1% no conjunto do ano.

Já a economia mundial deverá crescer 2,9% este ano, segundo as previsões do FMI acelerando para um crescimento de 3,6% em 2014.