Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Falta sempre alguma coisa"

Economia

Da oficina de reparação de carros da família ao topo da gestão de um dos principais grupos de construção do país

<#comment comment="[if gte mso 9]> A realização profissional "passa por sentir que falta sempre alguma coisa" defende Joaquim Paulo Conceição, 49 anos, presidente do conselho de administração do Grupo Lena. Casado, com três filhos, o líder de um dos principais grupos empresariais do setor da construção, hoje internacionalizado e com actividades em três continentes, é também vice presidente da União de Leiria e membro da direção da Associação Empresarial da Região de Leiria.

Atualmente, a construção de 12 500 casas (de um total de 50 mil) na Venezuela, negócio que ascende a uma facturação de mais de 4 mil milhões de euros, é o maior projeto em que a empresa está envolvida. O Grupo Lena, que em novembro do ano passado entregou as chaves dos primeiros apartamentos construídos no país, envolveu outras 50 empresas nacionais no projeto, gerando mais de 150 milhões de euros de exportações nacionais.

Antes de chegar ao topo da gestão no grupo, Joaquim Paulo Conceição começou por baixo. Em criança já ajudava na oficina de reparação automóvel da família. Após a morte do pai, começou a trabalhar ao mesmo tempo que estudava. Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, obteve uma pós-graduação em Economia Europeia pela mesma instituição e obteve também uma pós-graduação no Programa Avançado de Gestão Para Executivos pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa. Doutorou-se em Marketing e Comércio Internacional na Universidade da Estremadura (Espanha). Desde 1990, ensina nas áreas de Estratégia e Marketing na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria.

<#comment comment="[if gte mso 9]> Normal 0 21 false false false PT X-NONE X-NONE <#comment comment="[if gte mso 9]> <#comment comment="[if gte mso 10]>