Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

PATRIMÓNIO: Cobrança do IMI adiada para maio

ESPECIAL Orçamento do Estado

António Xavier

OE 2019: O IMI vai ser pago em uma, duas ou três prestações mas só a partir de maio de cada ano. A prestação única desce para 100 euros

IMI

Muda o calendário e a prestação única

O calendário do imposto sobre as casas vai mudar. Até 100 euros, o IMI passa a ser pago em maio, numa única prestação – até agora, o limite para a prestação única era de 250 euros, pagos em abril. Entre 100 e 500 euros, o IMI será dividido em duas prestações, a liquidar em maio e novembro. Acima desse valor, o imposto poderá ser pago em três prestações, em maio, agosto e novembro.

Adicional fica para depois

As regras do adicional ao IMI (AIMI), também conhecido por imposto Mortágua, poderão mudar no próximo ano, com a criação de um novo escalão para tributar imóveis de valor superior a 1,5 milhões de euros.