Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Daniel Bessa: "Sair do euro faz de Portugal o Vietname da Europa"

Economia

O ex-ministro da Economia de José Sócrates não poupa nas palavras para traçar o cenário em que viveremos nas próximas décadas.

E "ficar no euro é acabar no deserto". Pedir re-estruturação da dívida é uma certeza futura e, por agora, deveria haver acordo PS-PSD. O ex-ministro da Economia de José Sócrates não poupa nas palavras para traçar o cenário em que viveremos nas próximas décadas.

Desengana quem pensa que sair do euro é a solução para os nossos males, pois seria o equivalente "a uma redução entre 15 a 20 % dos salários de toda a gente" e o regresso à mão de obra barata, "mais do que já é". Além de que "os depósitos poderiam desvalorizar 30 a 40% de uma só vez", deixando-nos ainda mais pobres.

Para este economista, a solução menos má é tentar sobreviver no euro. E exportar, exportar, exportar para conseguir crescimento e a diminuição do défice. Só que já não há mais Autoeuropas e, por isso, a via será exportar muito de muita coisa diferente. O também presidente da Cotec acredita que o futuro da indústria passa por integrar muita engenharia e design. E mão de obra qualificada não nos falta.

  • A entrevista a Daniel Bessa é uma das mais de 30 que podem ser lidas na edição da VISÃO desta semana Especial Entrevistas - com quatro capas diferentes, para escolher, esta quinta-feira, nas bancas.

 

 

DISPONÍVEL TAMBÉM: