Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cortes de pensões irão gerar poupanças em torno dos 700 milhões

Economia

  • 333

Apesar deste valor, o Governo diz que o diploma de convergência dos sistemas de pensões públicos e privados não chega para tapar o buraco da Caixa Geral de Aposentações. VEJA OS VÍDEOS e conheça a nova proposta do Governo

O Governo estima que o diploma de convergência dos sistemas de pensões públicos e privados, hoje discutido com os sindicatos, garanta poupanças à Caixa Geral de Aposentações (CGA) em torno dos 700 milhões de euros.

"Esta proposta de redução da despesa por via da correção do valor das pensões que estão em pagamento tem que ser somada ao aumento das contribuições que passam a ser exigidas à entidade empregadora pública e que levarão a que o nível de insuficiência que a Caixa Geral de Aposentações apresenta anualmente tenha uma redução na ordem de 1,1 mil milhões de euros", disse o secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino.

O governante falava no final da última ronda de reuniões com os sindicatos que representam o setor público para discutir a convergência do sistema de pensões e que inclui cortes no valor das pensões em torno dos 10%.

CONHEÇA A NOVA PROPOSTA DO GOVERNO