Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas recomenda mais um ano a Portugal para cumprir metas do défice

Economia

  • 333

A Comissão Europeia recomenda a prorrogação por um ano do prazo de correção do défice

A Comissão Europeia defende o encerramento dos procedimentos de défices excessivos (PDE) a cinco países, a abertura de um a Malta e a prorrogação dos prazos de correção para seis, incluindo Portugal.

As revogações dos PDE dizem respeito a Itália, Letónia, Hungria, Lituânia e Roménia e os prolongamentos dos prazos de correção do défice foram concedidos a Espanha (dois anos), França (dois anos, até 2016), Holanda (um ano), Polónia (dois anos), Portugal (um ano, para 2015) e Eslovénia (dois anos).

Em relação a Malta, Bruxelas indicou que o Conselho de Ministros das Finanças dos 27 (Ecofin) abra um PDE com vista à redução do défice até o próximo ano, tendo como metas um défice global de 3,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013 e de 2,7% do PIB em 2014.