Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas à espera que alternativas à TSU sejam semelhantes "em números e em qualidade"

Economia

  • 333

A Comissão Europeia espera que o Governo português encontre alternativas à alteração da Taxa Social Única que não alterem o acordo global e as metas acordadas com a 'troika'.

A Comissão Europeia disse hoje esperar que o Governo português encontre alternativas à alteração da Taxa Social Única que, em "números e em qualidade", não alterem o acordo global e as metas acordadas com a 'troika'.

Questionado sobre a reunião de concertação social que decorre hoje em Lisboa, o porta-voz do executivo comunitário Olivier Bailly indicou que a Comissão está a par das "consultas com os parceiros sociais sobre possíveis novas medidas para eventualmente substituírem algumas daquelas acordadas com a troika" e espera que o Governo as apresente a Bruxelas "tão cedo quanto possível", para as analisar "diligentemente".

"Cabe às autoridades portuguesas decidir medidas que possam consubstanciar em números e em qualidade - insisto, em números e em qualidade -, o caminho de ajustamento orçamental acordado, que foi recentemente revisto", durante a quinta missão da 'troika', afirmou.