Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bagão Félix diz que subida dos impostos é "um sismo fiscal" com "efeitos destruidores"

Economia

  • 333

Para António Bagão Félix as medidas de austeridade anunciadas correspondem a um sismo fiscal de magnitude oito com efeitos destruidores sobre a economia. VEJA O VÍDEO

VEHA O VÍDEO DA SIC NO FINAL DESTA PÁGINA

As medidas de austeridade anunciadas para o Orçamento do Estado para 2013 (OE2013) correspondem a um sismo fiscal de magnitude oito com efeitos destruidores sobre a economia, diz António Bagão Félix.

O pacote fiscal que está previsto, e tendo em conta a escala de Richter, de 1 a 10, "estará na escala sete, oito ou seja, com efeitos destruidores muito grandes, sobretudo na economia" diz em entrevista à Lusa o atual Conselheiro de Estado e antigo ministro nos governos de coligação PSD/CDS liderados por Durão Barroso e Santana Lopes.

Bagão Félix lembra que as medidas anunciadas, designadamente a redução dos escalões do IRS, e consequente aumento do imposto, e a criação da sobretaxa do IRS, "não são alternativas à questão da Taxa Social Única (TSU)".