Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mútua fica com 98,28% do fundo do Montepio

Economia

Hugo Correia / Reuters

O banco mutualista vai agora abrir o capital a novos acionistas

A Associação Mutualista do Montepio adquiriu cerca de 13 por cento do capital do fundo de participação da Caixa Económica, reforçando a sua posição dos anteriores 85,43% para 98,28% do total. Durante a oferta pública de aquisição (OPA), lançada há um mês, a mútua liderada por Tomás Correia comprou 11,05% das unidades de participação existentes, aos quais acrescentou 1,79% adquiridos no mercado. Por comprar, ficou cerca de 1,7% do fundo.

No total, a mutualista terá aplicado 44 milhões de euros na compra dos títulos que adquiriu na oferta em bolsa. O valor gasto nos 1,79% adquiridos no mercado não foi revelado.

As unidades do fundo de participação da Caixa Económica Montepio Geral, que gere o negócio bancário da instituição, deixarão de ser cotados em bolsa já a partir de sexta-feira.

Com a participação direta que já detinha antes da OPA, a mútua passará a deter praticamente a totalidade – 99,7% - do capital da Caixa Económica. Este reforço no capital destina-se a preparar uma nova fase do banco mutualista, prevendo-se que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa venha a entrar no seu capital, diminuindo assim a participação da Associação Mutualista.

A CEMG teve lucros de 13 milhões de euros no primeiro semestre. No mesmo período do ano anterior, tinha registado prejuízos de 68 milhões de euros.