Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Subprime: Multas aos bancos ultrapassam €50 mil milhões

Economia

  • 333

© Issei Kato / Reuters

As ilegalidades dos bancos com os créditos hipotecários, que em 2007 arrastaram o mundo para uma gigantesca crise financeira, estão a ser castigadas nos EUA com multas que podem render mais de €50 mil milhões. Agora foi a vez do Deutsche Bank ser “apanhado”

O Deutsche Bank, o maior banco alemão e um dos maiores do mundo, foi condenado pelo Departamento norte-americano de Justiça a uma multa de 14 mil milhões dólares (cerca de 12,44 mil milhões de euros) por causa da sua atuação ilícita na comercialização de créditos hipotecários que, em 2007, esteve na origem crise do subprime.

Mas o banco alemão, a braços com fortes prejuízos, recusa-se a pagar já a multa aplicada nos EUA. “O Deutsche Bank não tenciona aceitar um acordo próximo do número indicado. As negociações estão apenas a começar. O banco espera que elas conduzam a um resultado similar aos de outros bancos que pagaram valores materiais mais baixos”, afirma um comunicado da instituição. Nas horas seguintes ao anúncio, a cotação das ações caiu 8% na bolsa de Frankfurt.

Com a crise imobiliária nos EUA, muitas famílias perderam as suas casas e os ativos dos bancos desvalorizaram-se fortemente, conduzindo muitos deles ao colapso, como o Lehman Brothers, ou ao resgate com fundos públicos, como sucedeu na Europa.

Esta não é a primeira vez que o Deutsche Bank é condenado peloenvolvimento na crise do subprime, tendo já pago 1,9 mil milhões de dólares em 2013. Também não é o primeiro banco a ser sancionado por práticas ilegais que conduziram à crise financeira internacional. A lista já vai longa. Contudo, os bancos tem saído a ganhar sempre que têm contestado o valor das sanções. Veja-se o caso do Citigroup, em 2014, que conseguiu reduzir para 7 mil milhões de dólares uma multa inicialmente estipulada em 12 mil milhões de dólares.

Mas, a confirmar-se o valor da sanção destinada ao banco alemão, será a segunda maior de sempre, depois de o Bank of America ter sido condenada a pagar 16,7 mil milhões de dólares num processo idêntico. Veja aqui a lista dos bancos condenados por causa do sub-prime, que já rendeu aos cofres do tesouro norte-americano cerca de 45,8 mil milhões de dólares (40,7 mil milhões de euros) – um valor que pode aumentar para 59,8 mil milhões de dólares (53,1 mil milhões de euros) com a nova multa ao Deutsche Bank:

Bank of America (2014) – 16,7 mil milhões de dólares

JP Morgan Chase (2013) – 13 mil milhões de dólares

Citigroup (2016) – 7 mil milhões de dólares

Goldman Sachs (2016) – 5,1 mil milhões de dólares

Deutsche Bank (2015) – 1,9 mil milhões de dólares

Morgan Stanley (2016) – 1,25 mil milhões de dólares

UBS (2015) – 885 milhões de dólares