Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mário Santos promete portugueses "com ambição"

Desporto

  • 333

Chefe de missão lembra que os nossos atletas estão entre os melhores do mundo. E avisa que eles não vieram a Londres para participar numa festa, mas sim para competir.

O chefe da missão portuguesa aos Jogos Olímpicos quer que os atletas nacionais encarem a sua participação em Londres 2012 "com ambição" e não como a simples participação na maior festa mundial do desporto.

"O nosso objectivo é que os nossos atletas venham aqui confirmar o seu melhor resultado", disse Mário Santos, numa conferência de Imprensa realizada no Main Press Center, o "coração informativo" dos Jogos.

"Para aqui estarem, é preciso não o esquecer, os atletas qualificaram-se entre os 6, os 10 ou os 16 melhores do mundo, ninguém vem aos Jogos Olímpicos apenas por inscrição", lembrou Mário Santos, sublinhando que aquilo que se pode exigir a cada um deles difere dos níveis com que se apuraram. "Temos atletas com objectivos desportivos diferentes. Uns apontam ao pódio, outros às finais, outros ainda às meias-finais".

Mas recusou-se, mais uma vez, em materializar os objectivos numa promessa de medalhas: "O país, como todos nós, quer medalhas. Mas o país, ao contrário dos atletas, não está entre os melhores do mundo. Eles é que estão. E por direito próprio, porque se classificaram para cá estarem."