Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cinco portugueses vão atravessar o deserto do Sahara a pé, por desporto 

Desporto

© Rafael Marchante / Reuters

Grupo participará da Ultramaratona das Areias em Marrocos, considerada uma das provas mais difíceis do mundo

É já esta sexta-feira (7) que tera início, em Marrocos, a Ultramaratona das Areias, prova considerada uma das mais difíceis do mundo. Cinco portugueses vão lá estar a tentar atravessar cerca de 250 km do deserto do Sahara a pé.

Ester Alves, José Azevedo Lima, Artur Pereira, Carlos Coelho e Duarte Mendonça representarão Portugal na prova. São 1700 atletas inscritos, ao todo.

As rotas alteram-se todos os anos, sendo que são divulgadas apenas no início da prova. Os participantes terão que atravessar cerca de 250 km repartidos em seis etapas, até o dia 17 de abril. Este ano, a etapa mais curta fará os competidores cruzarem 15,5 km, o trecho mais longo será de 81,5 km.

O que faz a prova ser considerada uma das mais difíceis do mundo são as altas temperaturas do deserto durante a competição (chegam frequentemente aos 50ºC) e a dificuldade de correr na areia fina. Cada atleta é obrigado a carregar a própria água, alimentação e equipamento para dormir. Três participantes morreram desde que a maratona teve início em 1986.

Os melhores resultados de um português na Maratona das Areias ocorreu em 2012 e 2014, quando Carlos Sá ficou na quarta posição em ambas oportunidades.