Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

100 metros: O grande duelo Jamaica - Estados Unidos

Desporto

  • 333

Três jamaicanos frente a três norte-americanos na final dos 100 metros no Estádio Olímpico de Londres, com dois "intrusos" no meio: um da Holanda e outro de Trindade e Tobago

Rui Tavares Guedes em Londres

Mais de dois milhões de pessoas pediram bilhetes para as provas de hoje, 5 de agosto, no Estádio Olímpico de Londres, mas só 80 000 vão assistir, ao vivo, à tão aguardada final dos 100 metros. 

Na linha de partida, às 21.50, vão estar os três jamaicanos (Usain Bolt, Yhoan Blake e Asafa Powell), frente aos três velocistas norte-americanos (Justin Gatlin, Tyson Gay e Ryan Bailey). Completam as pistas, os velocistas Richard Thompson, de Trindade e Tobago, e Churandy Martina, agora a representar a Holanda, depois da dissolução das Antilhas Holandesas, bandeira sob a qual se classificou em quarto lugar, nesta prova, nos Jogos de Pequim 2008.

O melhor tempo das três semi-finais foi conseguido pelo campeão olímpico de Atenas 2004, o norte-americano Justin Gatlin, com 9,82 segundos. Na sua série, o jamaicano Yohan Blake venceu com 9,85 segundos, enquanto Usain Bolt terminou com 9,87, mas abrandou claramente a 30 segundos do fim.

Richard Thompson foi o único atleta a classificar-se para a final olímpica dos 100 metros, com mais de dez segundos na semi-final (10,02).

A final dos 100 metros realiza-se na véspera do 50.º aniversário da independência da Jamaica.