Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Quem quer ver o "Quarto Proibido"?

Cultura

  • 333

Dois artistas portugueses estão prestes a lançar a terceira curta de animação. Donativos são bem-vindos. VEJA O TRAILER DO FILME

Há o rosto de uma jovem em grande plano. E atmosferas misteriosas, com sonoridades a condizer. E um homem assustador, com uma barba estranha. As marionetas que protagonizam a história, bem como os adereços e décor são da autoria de Emanuel Nevado e Ricardo Almeida, os mentores desta curta, com 18 minutos de duração.

Os dois entusiastas da animação não resistiram ao apelo da história do escritor francês Charles Perrault e do seu famoso Barba Azul, que decidiram adaptar: "Trata-se de uma versão escrita especificamente para stop motion e com um ambiente de terror e suspense que se destina sobretudo a um público adulto."

Voluntarismo e arte

Forbidden Room foi o nome escolhido pela dupla. Ou melhor, pelos Those Happy Days (THD), formados há quatro anos e já com duas produções premiadas no currículo. Esta começou em 2011, sem quaisquer apoios financeiros, e foi alargada a mais oito pessoas, com formações que vão da arquitetura à metalurgia e escultura. Arrancaram com o projeto em residência artística, na Fábrica da Pólvora, Barcarena, contando apenas com os recursos próprios.  

O primeiro ano foi inteiramente dedicado à construção dos cenários e das marionetas. "Os bonecos, com cerca de 30 centímetros de comprimento, foram feitos à mão e têm armadura flexível, vários tipos de massa fimo e silicone", acrescenta Emanuel. O processo de animação decorreu ao longo de 2012: "O stop motion é um processo lento, de fotografias frame a frame, 25 frames por segundo. No total, foram precisas 25 mil fotos!"

Fundos, precisam-se

O lançamento de Forbidden Room está previsto para o final de Janeiro. Até lá, os THD esperam angariar o dinheiro que falta, com recurso ao crowdfunding: "O que conseguirmos será para a pós-produção, despesas dos direitos musicais e os custos de promoção e de exibição do filme."

campanha está disponível na plataforma Indiegogo. Consoante o montante doado, os interessados terão direito a diferentes tipos de ofertas por parte do coletivo artístico. 

Para saber mais sobre a banda sonora e o trabalho de pós produção clique aqui http://vimeo.com/56088919

 

Quem são Those Happy Days (THD)

Dois amigos de Leiria (e mais 8 artistas portugueses) que dão corpo a projetos de animação

 

Emanuel  Nevado (à esquerda, de óculos)

- 32 anos

- Formado em Ciências Musicais (Universidade Nova de Lisboa) e Belas Artes (SNBA)

- Professor de música em Odivelas

Ricardo Almeida

- 33 anos

- Formado em Cinema (Escola Superior de Teatro e Cinema)

- Editor de imagem

Dias Felizes

Dois filmes, dois prémios e o desejo de internacionalização 

  • Those Happy Days (2008) 12 minutos - 1º Prémio Categoria de Animação (Curtas Sardinas, Setúbal)
  • Bom Dia, Mãe (2010), 3 minutos - Menção Honrosa (Concurso Microfilmes para Macro causas da Sapo e Clube Português Artes e Ideias
  • 18 participações em festivais e mostras de cinema (seis no estrangeiro)