Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

James Patterson - O escritor mais bem pago do mundo

Cultura

  • 333

Direitos Reservados

Vendeu mais de 250 milhões de livros, entrou para o Guinness como o autor que mais livros teve a liderar a lista de best sellers do New York Times, escreve dez volumes por ano...

Be gentle [with me]." Foram estas as famous last words com que o escritor norte-americano James Patterson terminou a entrevista por telefone com a VISÃO, feita na semana em que a tempestade Sandy causou estragos dignos de um thriller apocalíptico, nos EUA.

Não é todos os dias que um recordista de best sellers remata uma conversa com a imprensa, apelando à generosidade desta. Sobretudo quando ele pode dispensar qualquer "kindness of strangers" à Tennessee Williams.

James Patterson, 65 anos, vive numa galáxia literária muito, muito distante, onde os números são medidos na ordem dos milhões, buracos negros que crescem e engolem tudo à sua volta. O seu nome não parece tão sonante como o especialista de ação em tribunal John Grisham ou o pseudoesotérico Dan Brown - ainda que Patterson tenha já participado na série Os Simpsons, essa "prova" de sucesso. A menor visibilidade corrige-se à força de contabilidade. James Patterson já publicou perto de 100 livros, distribuídos entre os géneros policial e de mistério, da literatura infanto-juvenil, da ficção científica... É difícil de acertar no número exato, a sua produtividade é imparável: em 2010, ele publicou dez romances e novelas.

Em 2012, já só faltam publicar cinco dos 13 volumes planeados. Em janeiro e fevereiro de 2013, sairão mais quatro. De acordo com a Bookscan (sistema internacional de compilação de dados sobre a edição), Mr. Patterson vendeu, nos últimos três ou quatro anos, mais livros do que qualquer outro autor. Mas o operário James está em serviço: ele assinou, em 2009, um contrato bilionário com a Hachette Publishing, comprometendo-se a escrever 11 livros para adultos e 6 livros para jovens até 2012. "Estou quase a atingir esse objetivo, falta apenas escrever um livro. Mas como fiz um outro livro não programado, a mais do estipulado, teoricamente já cumpri o contrato", adianta à VISÃO. "Vou escrevê-lo hoje. É uma piada", acrescenta sobre a obra em falta. O sentido de humor de Patterson, seco, irónico, autoparódico, soa como uma moeda que leva tempo a cair.

Vendas - Autores recordistas

James Patterson é o autor que figura em primeiro lugar no top dos escritores mais bem pagos de 2012, elaborado pela revista Forbes (lucrou 94 milhões de dólares). Mas há outros escritores a baterem recordes de vendas de livros, alguns mais bem sucedidos do que ele:

J.K. Rowling (série Harry Potter): Vendeu mais de 450 milhões

Stephen King (50 livros): 350 milhões

John Grisham (27 livros): 275 milhões

James Patterson: mais de 250 milhões

Stephenie Meyer (saga Twilight): 100 milhões

Dan Brown (O Código da Vinci): Mais de 80 milhões

Stieg Larsson (trilogia Millennium):70 milhões

E.L. James (trilogia As Sombras de Grey): 50 milhões