Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

As melhores imagens da Caravana VISÃO

Caravana VISÃO

  • 333

Durante mais de três meses percorremos o país à procura de boas histórias. Veja algumas das melhores imagens e oiça o testemunhos dos repórteres fotográficos

Vidas ambulantes: A mercearia ambulante com que Diamantino percorre as aldeias de Torre de Moncorvo, Trás-os-Montes, tem tudo... «menos suissinhos». Porque crianças quase não há.
1 / 9

Vidas ambulantes: A mercearia ambulante com que Diamantino percorre as aldeias de Torre de Moncorvo, Trás-os-Montes, tem tudo... «menos suissinhos». Porque crianças quase não há.

Na semana da Páscoa, chegámos a Évora ao mesmo tempo que o Circo Mundial. Aí encontrámos Ruben Mariani, 27 anos passados a trabalhar no circo de seu pai, Rui. Neste momento, é o único português a fazer o clássico número circense do homem-bala, disparado de um canhão a 200 km/hora
2 / 9

Na semana da Páscoa, chegámos a Évora ao mesmo tempo que o Circo Mundial. Aí encontrámos Ruben Mariani, 27 anos passados a trabalhar no circo de seu pai, Rui. Neste momento, é o único português a fazer o clássico número circense do homem-bala, disparado de um canhão a 200 km/hora

No quarto de Leonilde: Leonilde Oliveira, desempregada, com a filha de 2 anos ao colo, em Moura, Alentejo. Ela faz parte de uma comunidade cigana de cerca de 40 famílias ­ 200 pessoas ­ que vive há 40 anos no largo da feira.Não há eletricidade nem esgotos, uma única torneira fornece água a todos e a casa de banho construída pelo município foi destruída.
3 / 9

No quarto de Leonilde: Leonilde Oliveira, desempregada, com a filha de 2 anos ao colo, em Moura, Alentejo. Ela faz parte de uma comunidade cigana de cerca de 40 famílias ­ 200 pessoas ­ que vive há 40 anos no largo da feira.Não há eletricidade nem esgotos, uma única torneira fornece água a todos e a casa de banho construída pelo município foi destruída.

Ganhar a vida: Numa das estradas mais movimentadas de Portugal, a EN125, que liga Vila do Bispo a Vila Real de Santo António, no Algarve, esta búlgara procura clientes. «Não há trabalho», justifica-se
4 / 9

Ganhar a vida: Numa das estradas mais movimentadas de Portugal, a EN125, que liga Vila do Bispo a Vila Real de Santo António, no Algarve, esta búlgara procura clientes. «Não há trabalho», justifica-se

Ganhar a fé: Cavalos abrem a procissão de Corpo de Deus na Vermelha, pequena aldeia do concelho do Cadaval. O culto do Divino Espírito Santo é muito forte em toda esta zona
5 / 9

Ganhar a fé: Cavalos abrem a procissão de Corpo de Deus na Vermelha, pequena aldeia do concelho do Cadaval. O culto do Divino Espírito Santo é muito forte em toda esta zona

Ganhar o peixe: Ao porto de Peniche acabara de chegar um carregamento de boa sardinha. «A da semana passada não prestava e foi vendida a preço alto por causa dos Santos Populares»
6 / 9

Ganhar o peixe: Ao porto de Peniche acabara de chegar um carregamento de boa sardinha. «A da semana passada não prestava e foi vendida a preço alto por causa dos Santos Populares»

Ambiente noturno Em Paredes de Coura à porta do Café Courense
7 / 9

Ambiente noturno Em Paredes de Coura à porta do Café Courense

Remédios sem remédio: Lurdes Pando segura o saco com os medicamentos para o problema de pele que, todos os meses, lhe leva mais de metade dos 366 euros da pensão. Ela vive em Sequeiros, Torre de Moncorvo, e a reforma chega-lhe pelas mãos do carteiro.
8 / 9

Remédios sem remédio: Lurdes Pando segura o saco com os medicamentos para o problema de pele que, todos os meses, lhe leva mais de metade dos 366 euros da pensão. Ela vive em Sequeiros, Torre de Moncorvo, e a reforma chega-lhe pelas mãos do carteiro.

É outra liberdade: Vergílio dos Santos Carrola, 37 anos, pastor na serra da Estrela, adora o que faz. «Isto está na ruína porquê? Não sabem lavrar um bocadinho de terra nem cuidar de um animal. E é do gado e da terra que vem tudo»
9 / 9

É outra liberdade: Vergílio dos Santos Carrola, 37 anos, pastor na serra da Estrela, adora o que faz. «Isto está na ruína porquê? Não sabem lavrar um bocadinho de terra nem cuidar de um animal. E é do gado e da terra que vem tudo»

Os testemunhos dos fotógrafos: