Ponta Delgada, 08 ago (Lusa) - O Hospital de Ponta Delgada, em S. Miguel, nos Açores, anunciou hoje a reabertura da Unidade de Neonatologia, que esteve encerrada durante 10 dias devido ao aparecimento de uma bactéria que contaminou sete bebés.

"De acordo com as orientações vigentes na instituição para a profilaxia da infecção cruzada por 'Acinetobacter Baumanii', foram efectuados todos os procedimentos adequados à situação", refere um comunicado divulgado pelo Conselho de Administração do Hospital de Ponta Delgada, anunciando a reabertura daquela unidade especializada.

A Unidade de Neonatologia, a única valência do género nos Açores, encerrou a 30 de julho devido à existência da bactéria 'Acinetobacter Baumannii', detetada a 21 de julho.