A ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, considera que o documento final da conferência Rio+20 inclui compromissos que constituem avanços claros, mas afirma que a União Europeia tinha ambições maiores.

Em declarações aos jornalistas, no Rio de Janeiro, Assunção Cristas fez um balanço do texto que foi acordado entre os representantes dos países membros das Nações Unidas para ser apresentado como documento final da conferência sobre desenvolvimento sustentável Rio+20.

"Eu penso que é um consenso positivo. Alguns pensavam que não seria possível sequer chegar até aqui. Com certeza que a nossa ambição é sempre maior, mas estas matérias fazem-se caminhando", afirmou a ministra do Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território.