(FOTOS: Reprodução Global Times)

Um sucesso de vendas, sobretudo à porta das estações de comboio e de metro, mas também das escolas, os porta-chaves estão a indignar os defensores dos direitos dos animais, que consideram estes objetos um "puro abuso".

De acordo com a imprensa chinesa, os vendedores destes porta-chaves alegam que a água dentro da bolsa foi enriquecida com nutrientes, mas a verdade é que os peixes e tartarugas não sobrevivem muito tempo: dias, ou até mesmo só horas.