A polícia lançou esta noite granadas de gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes em Ferguson, no estado do Missouri, no centro dos EUA. Apoiada por um blindado da SWAT e um helicóptero, a polícia antimotim, ordenou repetidamente às pessoas que se concentraram perto do incidente que ocorreu a 9 de agosto que dispersassem.

Cerca das 23:00 locais (05:00 de terça-feira em Lisboa), os agentes lançaram granadas de gás lacrimogéneo para dispersar a multidão - menor face àquela com a qual a polícia se deparou no domingo.

As ruas de Ferguson têm sido palco de confrontos desencadeados em protesto pela morte do jovem Michael Brown, baleado mortalmente há nove dias, por um polícia.

Os resultados preliminares da autópsia indicam que o jovem foi atingido por seis balas, duas das quais na cabeça.

Na segunda-feira, o governador do Missouri ordenou a mobilização da Guarda Nacional para fazer frente aos distúrbios em Ferguson.